16 de abril de 2019

#DicasDeViagem: UM MERGULHO NA ESPIRITUALIDADE DE JERUSALÉM

Olá pessoal! Israel tem entrado no radar de muita gente ultimamente, mas principalmente de que ama viagens pela história e tem vínculo forte com a religiosidade. O epicentro da fé em Israel fica na Cidade Velha de Jerusalém, a 70 quilômetros da agitada Tel Aviv, por onde as pessoas costumam entrar no país.

Jerusalém é citada como uma das cidades mais antigas do mundo e atualmente é a capital de Israel. Vive cercada de disputas históricas, afinal, é sagrada tanto para os judeus, como para os cristãos e islâmicos. Mas, uma viagem à Terra Santa transcende a esses desentendimentos. É, na verdade, um mergulho na religiosidade. Há uma força no ar difícil de explicar. Só mesmo refazendo os passos de Cristo na Via Dolorosa, ouvindo o chamado de oração nas mesquitas ou se deparando com a fé dos judeus frente ao Muro das Lamentações para sentir o arrepio que corre na pele.

Um bom guia particular ajuda a entender os quatro bairros dentro das muralhas – dos armênios, judeus, muçulmanos e cristãos – e a se localizar entre as ruelas que mais parecem labirintos. No entanto, a Cidade Antiga tem apenas um quilometro quadrado.

Se você ficar hospedado no hotel Mamilla (que recomendo totalmente pelo luxo de ser colado à muralha e por ser próximo ao Portão de Jaffa) basta andar alguns passos para entrar na Cidade Antiga. Visite o Cardo, antiga via romana que foi recentemente restaurada, vá ao Muro das Lamentações e se possível visite os subterrâneos do muro, refaça a Via Dolorosa que conduz ao Santo Sepulcro, vá até a Cúpula da Rocha e a Mesquita de al-Aqsaa, tome muito suco de romã com laranja, se perca pelos mercados árabes, visite o triste Museu do Holocausto, a Tumba do Rei David, o salão da Santa Ceia. Impressionante como num lugar tão pequeno há tantas coisas reunidas, tantas camadas de história e fé.

Fora dos muros, não deixe de ir ao Monte das Oliveiras para ter um visual lindo da cidade amuralhada, além de ser um local muito sagrado.

Para comer bem em Jerusalém recomendo o restaurante Adom que fica na antiga Estação de Trem The First Station, Machane Yehuda, Mona ou o Chackra.

Eu trouxe hoje esse destino pois a Páscoa está chegando e Jerusalém é uma verdadeira materialização da fé, seja no Muro das Lamentações, nas mesquitas, ou na Via Dolorosa que mostra os passos de Cristo até crucificação, que remete à esperança de um mundo melhor e cheio de amor. E isso é o que tem mais valor nessa vida.

Desejo uma linda Páscoa para todos vocês.

Beijos

Claudia Liechavicius





[star] [pula] [ow] [ohhhh] [oh] [mix] [make] [loveyou] [love] [love2] [lip] [legal] [kiss] [heart] [fiufiu] [domo] [dance] [cool] [clap] [cake] [bravo] [bow] [batom] [bad] [angel] [ahh] [^_^] [^^] [] [S2] [:S] [:(] [!]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

gravatar Laíza
1
16 de abril de 2019 às 5:36 pm

Lugar encantador, um verdadeiro encontro de histórias com a fé.

gravatar Franci Pacheco
2
24 de abril de 2019 às 1:38 pm

Certeza que eu ficaria muito emocionada ao visitar todos esses lugares. Ótima dica

gravatar Michele Taboza
3
3 de maio de 2019 às 3:43 am

Nooossa, deve ser realmente muito emocionante visitar locais que contam historias de fé.
Otimas dicas e otimas fotos, nos leva um pouco para a realidade deste lugar .

Youtube 3.365.547
Instagram 4.371.488
Facebook 2.777.358
Twitter 229.411
@Camilacoelho no instagram
© Copyright 2015 Camilacoelho.com - Todos os direitos reservados. | Design EvelynRegly.com e programação chloédigital
powered by chloédigital