8 de agosto de 2019

DAS PASSARELAS PARA AS RUAS: LONG SKIRT

Gerações passadas acompanharam diversos movimentos que sinalizavam o ápice do uso de vários comprimentos de saias. Se o início dos anos 1960 foram marcados pelas minissaias, graças a nomes como Mary Quant, a década de 1970 trouxe as long skirts como protagonistas. A juventude da época buscava novas formas de usar – e os estilos eram dos mais variados, entre hippies e jetsetters que traziam referências alongadas vindas do Marrocos com seus modelos estampados, terrosos ou feitos com camurça. Nas últimas temporadas, acompanhei uma volta forte das versões longas em composições urbanas e, outras, dignas de red carpet. No que diz respeito às produções do dia a dia, é incrível ver como há uma abertura maior para entrarem na nossa rotina de forma fresca e elegante. Recentemente, a Cami e eu usamos peças que foram ideais para enfrentar o verão no hemisfério norte. Claro, cada uma dentro de uma proposta de estilo específica. Ela criou uma estética que acompanha o mood de balneário, com direito a cropped top, acessórios de palha e a long skirt com maxifenda. Veja como a barra com listras coloridas deu um toque divertido à produção. Já no visual fresh que apostei em Arles, trouxe a saia de algodão combinada à dupla lenço caleidoscópio + mocassim nude.

Nas coleções de Fall 2019, as long skirts surgiram com interpretações que as transformaram em ponto de impacto nos looks. Para a Dior, a diretora criativa Maria Grazia Chiuri optou pelo uso do tule com bordados concentrados da metade do comprimento até a barra. Enquanto isso, Ulla Johnson elegeu a padronagem floral com fundo escuro para cobrir o modelo.

Em uma mistura de transparência delicada na blusa e tecido estruturado na saia pink, Carolina Herrera deu um refresh na combinação sofisticada e cool para o estilo girlie. Para a italiana Max Mara, o match monocromático do tricô + skirt ganhou força graças ao brilho do tecido acetinado e ao trabalho do plissado.

Aqui, o contraste de shapes e styling mostra bem como a tendência pode funcionar em diferentes ocasiões. Na Brandon Maxwell, a peça com fenda encontra o suéter amplo de um jeito refinado e jovem na medida certa para uma produção noturna. Com brincadeira de materiais, detalhes e uso da camiseta de malha, a Off-white apresentou a saia como elemento transformador dentro do DNA de streetwear tão destacado pela marca.

Beijos, Alice.





[star] [pula] [ow] [ohhhh] [oh] [mix] [make] [loveyou] [love] [love2] [lip] [legal] [kiss] [heart] [fiufiu] [domo] [dance] [cool] [clap] [cake] [bravo] [bow] [batom] [bad] [angel] [ahh] [^_^] [^^] [] [S2] [:S] [:(] [!]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

gravatar Franci Pacheco
1
13 de agosto de 2019 às 10:20 am

eu amo produções com saias assim

Youtube 3.365.547
Instagram 4.371.488
Facebook 2.777.358
Twitter 229.411
@Camilacoelho no instagram
© Copyright 2015 Camilacoelho.com - Todos os direitos reservados. | Design EvelynRegly.com e programação chloédigital
powered by chloédigital